Pioneira na maratona retorna as corridas no Centro do Rio

Eleonora Mendonça participou de sua primeira corrida após uma pausa

O final de 2019 se aproxima e com ele a temporada de corridas de rua também se aproxima de seus últimas competições e hoje foi a vez do Circuito Rio Antigo encerrar sua temporada de quatro corridas pelas ruas do Centro da cidade maravilhosa na etapa Porto Maravilha nas distâncias de 4 e 8 km.

Mas uma de suas participantes escolheu justamente essa corrida para seu retorno as competições e não estamos falando de uma pessoa qualquer e sim uma das responsáveis pela existência das provas no Brasil ainda no final da década de 70. Se você achou que estamos falando de Eleonora Mendonça, você acertou!

Ela foi uma das responsáveis em dar inicio ao primeiro circuito de corridas no Brasil, como também organizou a primeira Maratona do Rio e ainda foi campeã em diversas provas, fora representar o Brasil nos 42 km em 1984 em Los Angeles (Essa prova que você conhece da Gabrielle Andersen se arrastando na chegada e dizem ser motivação a não desistir).

Eleonora em 1984 em Los Angeles. Crédito: Arquivo pessoal

Hoje com 71 anos, afastada por um tempo e com prótese nos dois joelhos, ela deu inicio a uma nova fase como corredora e que ela conta a seguir neste vídeo gravado com a assessoria Street Runners.

Crédito: Bruno Neves Lopes/EAZ

Largada segue problemática no circuito

Nesta etapa, o Circuito Rio Antigo completou nove anos de idade e estivemos presentes desde a primeira edição e ficamos durante as obras no Centro na época pré-olimpíada fora. Muito se melhorou, mas a largada ainda continua crítica, principalmente por descuido dos participantes.

Pouco após a largada onde caminhantes e corredores se acotovelavam numa faixa muito estreita causou o tombo do professor Carlos Martins da equipe Pé Carioca numa das grades e resultou na ruptura do tendão patelar.

Mas segundo seu relato em sua rede social, a organização prestou todo o atendimento necessário, inclusive o Virgílio de Castilho, um dos cabeças da prova. Mas é necessário se pensar numa nova estratégia para a largada, seja separação por baias ou colocando o pessoal que caminha para sair após os corredores para diminuir a quantidade de acidentes.

Filmamos a largada junto com o áudio do locutor pedindo para quem fosse caminhar fosse depois e o estreitamento que causou o acidente com o Carlos em que passamos pouco depois e que você pode acompanhar abaixo, junto com o que foi essa etapa.

Crédito: Ricardo Dungó

Resultado da etapa:

8km

masculino

1- Fabiano Moura dos Santos – 26min43s
2- Ivandro Bernardo dos Santos – 26min52s
3- Josias Neopuceno – 28min31s
4- José Hilton Cavalcanti – 28min40s
5- Nelio Marcos Durso – 28min53s

Feminino

1- Priscila Lourenço – 30min24s
2- Katia Lourenço – 32min54s
3- Suely Rodrigues – 33min25s
4- Claudia Cristina Custódio – 33min33s
5- Janny Bessa – 34min57s

4km

Masculino
1- Maicon Santos da Rocha – 12min18s
2- Adair José dos Santos – 12min20s
3- Rodrigo Lira – 12min54s
4- Bruno Nogueira – 13min37s
5- Rafael de Oliveira Pacheco – 13min50s

Feminino
1- Brigida dos Anjos – 15min50
2- Jaqueline Fernandes – 16min01s
3- Raimunda Acelia – 16min23s
4- Ana Paula Carvalho – 16min35s
5- Livia Kelly da Silva – 17min24s

Avatar

dungo

Jornalista, corredor e admirador da cidade maravilhosa

E o que achou sobre esse assunto? Contribua com o Esportes de A à Z! Basta preencher o comentário abaixo.

%d blogueiros gostam disto: