Ítalo Ferreira vence Medina e é campeão mundial

Potiguar fez final histórica contra bicampeão

Crédito: WSL / KELLY CESTARI

E o brazilian Storm fez a festa mais uma vez nas ondas de Pipeline no Havaí. Em uma disputa acirrada até os últimos minutos, Ítalo Ferreira se sagrou campeão no circuito mundial no Surf em cima do paulista Gabriel Medina.

É o quarto título do Brasil no circuito onde Medina já havia ganho por dois anos (2014 e 2018) e Adriano de Souza, o Mineirinho (2015), ano em que ele estreou na principal competição de surf do mundo e sempre esteve entre os melhores.

” É o meu sonho, o sonho de toda a minha vida! Eu dediquei toda a minha vida para chegar neste momento. Meu tio e a minha avó morreram recentemente e eu dedico a eles. Eu não posso acreditar! – disse após sair do mar para a TV da WSL.

A disputa final

Foram sete dias de espera e quase no limite da janela, a competição no Havaí foi retomada hoje tanto Ítalo quanto Medina foram eliminando seus adversários. O campeão começou o dia eliminando seus compatriotas Peterson Crisanto e Yago Dória e nas semifinais derrotou o americano Kelly Slater. Já Medina, venceu Caio Ibelli, o havaiano John John Florence e por fim, o americano Griffin Colapinto.

Com os dois brasileiros na final, aquele que vencesse a bateria, seria declarado o campeão mundial. Ítalo teve mais sorte e foi melhor com as manobras, somando mais pontos e saiu com o título inédito.

Avatar

dungo

Jornalista, corredor e admirador da cidade maravilhosa

E o que achou sobre esse assunto? Contribua com o Esportes de A à Z! Basta preencher o comentário abaixo.

%d blogueiros gostam disto: