Pâmela Rosa e Rayssa Leal fazem dobradinha no mundial de street league

Atual líder do circuito fez bonito em casa

As brasileiras conquistaram os dois lugares mais altos do pódio no Mundial de Skate Street, etapa final da Street League Skateboarding (SLS), encerrada neste domingo (22), em São Paulo. Com o resultado, Pâmela Rosa, a campeã, somou 80 mil pontos no ranking. Rayssa Leal, a segunda colocada, somou 64 mil pontos. Com isso, as duas brasileiras, que já lideram o ranking olímpico, estão cada vez perto de representar o Brasil na estreia da modalidade em Tóquio 2020. A terceira colocada foi a japonesa Aori Nishimura.

“A torcida brasileira foi sensacional. Sem dúvida isso me deu força para encarar essa final e levar o título. Dedico essa vitória ao meu tio maninho que faleceu ontem à noite”, disse Pamela Rosa.

A final feminina foi bem acirrada. Mas as brasileiras tiveram a torcida como aliadas, que vibrou a cada volta e manobra não apenas de Pamela e Rayssa mas também de Gabriela Mazetto, que terminou em sexto lugar. Mas a graça e simpatia de Rayssa, de apenas 11 anos, foi a grande atração do torneio. “Vim para cá para me divertir. Ter ficado em segundo lugar é como se fosse uma vitória mim. Estou muito, muito feliz”, festejou Rayssa. Ela, que sonha estar em Tóquio ano vem, disse “Estou muito empolgada com o fato de estar nos Jogos Olímpicos. Ainda não está garantido, mas minha expectativa é grande”, disse a skatista, que tem nas brasileiras suas maiores ídolos.

No masculino, vitória de Nyjah Huston

O maior campeão mundial de skate street da atualidade, o norte-americano Nyjah Huston, faturou seu sexto título neste domingo, em São Paulo, ao vencer a etapa final da Street League Skateboarding (SLS).

 “Hoje foi um dia incrível! Gostaria de agradecer a todos que vieram prestigiar o evento”, disse o campeão. “Não foi fácil vencer esta etapa porque todos os skatistas andaram muito. Mas dei o meu melhor e acabei levando o título. Estou muito feliz!”, festejou o californiano de 24 anos.

Com os 80 mil pontos que faturou pela etapa paulista do mundial, Nyjah deve reassumir a liderança do ranking, que definirá os skatistas que disputarão a primeira edição do skate em Jogos Olímpicos. “Agora volto para casa para celebrar esta vitória e continuar evoluindo para chegar bem na Olimpíada”, completou Nyjah, que obteve por sua manobra uma nota 9,7, a mais alta da final.

O japonês Yuto Horigome ficou em segundo lugar. O português Gustavo Ribeiro completou o pódio. O brasileiro Kelvin Hoefler, que na útlima bateria acabou caindo na hora de realizar a manobra, terminou em quarto lugar na competição.

Resultado da final feminina:

  1. Pâmela Rosa, Brasil
  2. Rayssa Leal, Brasil
  3. Aori Nishimura, Japão
  4. Candy Jacobs, Holanda
  5. Mariah Duran, Estados Unidos
  6. Gabriela Mazetto, Brasil
  7. Alexis Sablone, Estados Unidos
  8. Ymeka Oda, Japão

Resultado da final masculino:

  1. Nyjah Huston, Estados Unidos
  2. Yuto Horigome, Japão
  3. Gustavo Ribeiro, Portugal
  4. Kelvin Hoefler, Brasil
  5. Jamie Foy, Estados Unidos
  6. Yukito Aoki, Japão
  7. Angelo Caro, Peru
  8. Dashwan Jordan, Estados Unidos
Avatar

dungo

Jornalista, corredor e admirador da cidade maravilhosa

E o que achou sobre esse assunto? Contribua com o Esportes de A à Z! Basta preencher o comentário abaixo.

%d blogueiros gostam disto: