Atletas completam metade dos 1000 km – Brasil

Atletas superaram correndo distância maior que Rio a São Paulo

Você já se imaginou correndo os 433 km entre as duas principais capitais do país? Foi o que os participantes dos 1000 km – Brasil atingiram hoje e ainda colocaram um extra passando de 500 km na noite de hoje. A prova que vem sendo disputada em Paulo de Frontin no interior do Rj chegou a metade e foi dura com os atletas que chegaram até aqui.

A chuva e o frio que castigaram os atletas na última noite trouxe consequências importantes e levou a eliminação de mais alguns participantes e foram um total de cinco!

Pela manhã, o primeiro atleta a sair foi Glênio de Moraes que sentiu muitas dores no joelho e ficou sem condições de continuar. Ele fez um total 412,5 km. Por consequência do frio, Maurício Pamplona foi obrigado a se retirar. Ele que disputava a liderança da prova completou um total de 443 km.

Um dos pontos importantes dos 1000 km – Brasil é você ter que dormir no local da prova e os atletas dormem em barracas ao lado da linha de marcação de tempo. E na última noite, a catarinense Marlene de Freitas teve a sua barraca inundada molhando todas as suas roupas e perdeu sua noite de descanso. Mesmo assim, ela continuou na prova e acabou sendo vencida pelo cansaço e parou com 467 km.

O guarda municipal do Rio Paulo José da Silva foi vítima de um dos problemas mais comuns de todos os corredores, a maldita canelite e com fortes dores, parou a sua prova 452,2 km, a mesma quilometragem do polícial militar de Paulo de Frontin, Elienai Carlos da Cunha, que era o atleta menos experiente nas ultramaratonas dos participantes e conseguiu uma distância nova em sua carreira.

Ainda na disputa

Dos 19 que largaram e somando os 5 atletas que saíram hoje, restam apenas 6 atletas na disputa dos 1000 km – Brasil.

A liderança da competição ainda é do mineiro Luiz Trequim que fechou o dia com 550 km e caminha para ser o recordista da prova. Em segundo lugar está o paulista Lohan Felix Gregório com 516 km, Leonardo Seabra com 515 km, em quarto José Cássio Costa com 508 km e em quinto Adriano da Guia Mello com 506,5 km.

Com a saída de Marlene de Freitas, a paulista Fabiana Antunes já pode ser considerada a campeã feminina. Ela fechou o quinto dia com 505 km.

O Esportes de A à Z é um portal de notícias esportivas que cobre os esportes olímpicos, paralímpicos, neve e as principais corridas de rua, montanha e ultramaratona. Siga nossas redes sociais no twitter, facebook e instagram no perfil @esportesdeaaz para estar por dentro das principais notícias, como dos 1000 km – Brasil que acompanhamos com exclusividade.

Avatar

dungo

Jornalista, corredor e admirador da cidade maravilhosa

2 comentários em “Atletas completam metade dos 1000 km – Brasil

  • Avatar
    24 de setembro de 2019 em 01:22
    Permalink

    Gosto muito de saber sobre essas corridas de rua principalmente sobre as ultra s (participei caminho de rosas esse ano pra mim foi surreal ) ano que vem quero tentar 57km 👊❤

    Resposta
    • Avatar
      24 de setembro de 2019 em 11:27
      Permalink

      Muito bom, Sylvana! Faremos o possível para trazer as notícias para você. Continue treinando que seus sonhos se realizam.

      Resposta

E o que achou sobre esse assunto? Contribua com o Esportes de A à Z! Basta preencher o comentário abaixo.

%d blogueiros gostam disto: