Alcaraz é campeão do Rio Open

Crédito: Bruno Neves Lopes/EAZ

O Rio Open conheceu n onicio da noite seu campeão de 2022. Em uma partida bem disputada, o espanhol Carlos Alcaraz se sagrou campeão ao vencer o argentino Diego Schwartzman por 2 sets a 0 com parciais de 6/4 e, 6/2 em 01:40 de partida disputada numa quadra Gustavo Kuerten lotada.

“Estou muito feliz. Ganhei meu primeiro atp 500 da história. Foi uma semana difícil e pude desfrutar cada momento por aqui. Há dois anos, ganhei minha primeira partida da ATP aqui e voltei para ser campeão é algo que nem tenho palavras. Foi espetacular o carinho que recebi dos torcedores já que não esperava nada e agradeço ao carinho recebido”. – Declarou o campeão do torneio

Já Alcaraz, teve um jogo a mais. Cabeça de chave número 7 e atual número 29 do ranking, venceu seu compatriota Jaume Munar por 2 sets a 1 na estreia do Rio Open. Depois venceu o argentino Federico Delbonis por 2 sets a 0, eliminou Matteo Berretini número 7 do mundo por 2 sets a 1 e por fim, tirou o italiano Fabio Fogninni por 2 sets a 0.

E o caminho não foi fácil até aqui! Nessa semana de Rio Open, Schwartzman, cabeça de chave número 3 do torneio e atual 14 no ranking da ATP entrou direto na segunda rodada onde venceu o espanhol Martinez Portero por 2 sets a 0, o também espanhol Pablo Andujar por 2 sets a 1 nas quartas e o argentino Francisco Cerúndolo por 2 sets a 0.

O detalhe é que os atletas precisaram jogar as quartas e as semis ontem por conta da chuva e tiveram que cada um ficar ao menos cinco horas jogando na quadra ontem.

“Foram 3 semanas boas nessa gira sul-americana. Perdi para os melhores ao longo desse período e jogar por aqui foi especial jogar no Brasil.Me fez é se tirar em casa mesmo com toda a complicação que a chuva trouxe. Talvez poderia ter sido melhor,mas saio satisfeito daqui.” – Disse o vice-campeão do torneio

O Jogo

com um inicio mais nervoso, o jovem Alcaraz deixou o argentino quebrar seu serviço. Mas logo entrou no jogo devolvendo a quebra. O jogo então seguiu equilibrado até o espanhol dar mais uma quebra e fechar o game em 6 a 4.

No segundo, foi nítida a diferença fisica entre os jogadores. Alcaraz estava melhor adaptado ao piso mais pesado do Rio e não encontrou resistencia para derrotar o argentino. Fez 6 a 2 e levantou o trofeu do ATP 500 do Rio.

dungo

Jornalista, corredor e admirador da cidade maravilhosa

E o que achou sobre esse assunto? Contribua com o Esportes de A à Z! Basta preencher o comentário abaixo.

%d blogueiros gostam disto: